O pré-candidato do PT ao Planalto participou da cerimônia de posse do novo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O petista também já foi presidente do sindicato.

“Eu sou contra a obrigatoriedade da vacina”, disse Lula. “Ninguém vai ser obrigado a tomar a vacina. Mas você também não vai poder ir para os lugares públicos. Se você não quer tomar vacina, é um direito seu. Mas você não pode participar de nada com gente.”

O petista disse ainda que as vacinas são a única maneira de erradicar certas doenças –citou o exemplo da varíola, da paralisia infantil e do sarampo. “Por que alguém diz ‘eu não quero tomar vacina porque eu não acredito na vacina’? Então se tranca dentro de casa”, declarou.

Assista a um trecho da fala de Lula sobre vacinação (1min29seg):