Connect with us

DESTAQUE

Chinês criador das cidades-esponja diz que Brasil pode ser referência

Publicado

em

No momento em que os brasileiros ainda acompanham, quase que incrédulos, as consequências causadas pelos temporais de abril e maio no Rio Grande do Sul, o Brasil recebeu a visita do arquiteto e paisagista chinês Kongjian Yu, criador do conceito cidade-esponja, que se utiliza da própria natureza para melhor resistir à ocorrência crescente de tempestades.

“Espero que o Brasil possa ser referência sobre como devemos construir o mundo”, diz o professor da Universidade de Pequim, que veio ao país a convite do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Ele participou, na última terça-feira (18), de um seminário na sede do banco, no Rio de Janeiro, sobre experiências nacionais e internacionais na reconstrução de cidades devastadas por tragédias ambientais.

O encontro foi motivado pela calamidade que atingiu o Rio Grande do Sul, classificada pelo governador gaúcho, Eduardo Leite, como o “maior desastre climático do Brasil” em termos de extensão territorial e impacto econômico. Mais de 170 mortes foram confirmadas.

Kongjian Yu ressaltou que ficou impressionado com a ênfase que o BNDES tem dado a assuntos relacionados à busca de um futuro mais verde. “Eu nunca tinha ouvido uma instituição financeira falar tanto sobre mudanças climáticas, soluções verdes e determinação para o Brasil virar referência na construção de um futuro sustentável”, disse.

“Estou orgulhoso de estar aqui para compartilhar a minha experiência de como o planeta pode ser sustentável”, completou.

Origem camponesa
Yu contou que começou a pensar no conceito de cidade-esponja ao perceber que o vilarejo em que ele morava, em Zhejiang, província no leste da China, estava sendo recorrentemente afetada por inundações.

Segundo o professor, os problemas se agravaram à medida em que avançava o que ele chama de “infraestrutura cinza”, a presença crescente de concreto nas cidades, canalizando rios e impermeabilizando grandes áreas.

Dessa forma, ele colocou em prática projetos de paisagismo que privilegiam a própria natureza para lidar com enchentes, priorizando grandes áreas alagáveis e presença de vegetação nativa. Assim, partes de cidades se tornam uma espécie de esponja, com capacidade de receberem inundação e dar “tempo” para o escoamento da água, diminuindo danos a áreas habitadas.

“A enchente passa a não ser uma inimiga, resume.

O sucesso do projeto de Yu fez com que o paisagismo cidades-esponja fosse usado em maior escala em mais de 250 cidades chinesas e replicado também fora do país.

Em 2023, o pioneirismo e alcance do conceito renderam a Yu o Prêmio Internacional de Arquitetura Paisagística Cornelia Hahn Oberlander.

O conceito desenvolvido por Yu não se limita a criar áreas cuja única finalidade é ser um espaço alagável. Ele trabalha com a harmonização entre construções e natureza. Os exemplos mais recorrentes são parques que, durante estações de seca, são frequentados pelas pessoas. Muitos são um emaranhado de trilhas e passarelas cercadas por pequenos lagos e muito verde. “Seguros e bonitos”, descreve.

Yu atribui esse conhecimento de lidar com o ambiente sem intervenções drásticas – construção de muros de contenção e canalização de rios – à sabedoria de antepassados.

“Não é nada novo para aqueles que viviam há milhares de anos em regiões de monções”, disse, se referindo à temporada de ventos que causam tempestades no sudeste asiático.

Contra infraestrutura cinza
Kongjian Yu é crítico da infraestrutura cinza.

“Gastamos bilhões de dólares canalizando rios, construindo represas, diques, tentando evitar que cidades e aldeias sejam inundadas”.

Segundo o arquiteto, essas intervenções devem ser consideradas para resolver questões imediatas no curto prazo apenas. “Não existe represa segura sempre, o que aumenta o perigo potencial de inundações”, declarou.

“Espero que o Brasil possa aprender com isso. Aprender com o que deu errado na China”, adverte, se referindo ao uso crescente de intervenções da engenharia.

Ele cita ainda que a produção de cimento é um emissor de gases do efeito estufa. Assim, diminuir a presença da infraestrutura cinza contribui diretamente para a redução do nível de poluentes liberados para a atmosfera.

O paisagista chinês defende que o conceito de cidade-esponja é uma solução sistemática para uma trajetória de resiliência, uma filosofia oposta à infraestrutura cinza, e que consiste em reter a água onde ela cai “Essa é a ideia do planeta esponja”, assinala.

O professor da Universidade de Pequim explica que parte do aumento do nível do mar – fenômeno que ameaça ilhas e países costeiros – se dá por causa do escoamento de água pluvial e, segundo Yu, caso essa água fique armazenada na região em que acontecem as chuvas, poderia ser absorvida na mesma área, diminuindo o volume levado para os oceanos.

Brasil
Yu enalteceu a biodiversidade brasileira e mostrou-se entusiasmado com o papel que o Brasil pode exercer no planeta. “Vocês são uma esperança, são um país muito jovem ainda”.

Apesar do otimismo, ele criticou a forma em que a agricultura é cultivada. “Vejo quilômetros e quilômetros de soja. Não há espaço para a água. Vocês podem estar usando técnicas erradas. Uma pequena e simples solução pode mudar a situação dramaticamente: tornem a terra em uma esponja para captar mais água”, recomendou.

O arquiteto considera que um dos primeiros passos para a elaboração de cidades-esponja é a criação de um plano diretor, em que fique claro “qual espaço ceder para água e onde não construir”.

Ele orienta que as áreas alagáveis sejam preenchidas com florestas, parques e lagos. “A nossa solução é tirar o muro. Deixar a água entrar. A água irriga o parque”.

Os muros de contenção são, na visão do paisagista, uma ameaça. Ele explica que quando acontecem transbordamentos, as superfícies de concreto funcionam como barreiras que impedem a água de retornar para o leito dos rios.

Outro fator negativo é que rios canalizados – geralmente mais retilíneos e com menos curvas que traçados naturais – aumentam a velocidade do fluxo d’água, em vez de retardá-la.

Segundo Yu, é preciso planejamento para que rios canalizados sejam transformados em rios-esponja, com vegetação, pequenas ilhas verdes que absorvam parte da água. “Nós temos que pensar grande”, incentiva.

Ele entende que, em vez de quilômetros e mais quilômetros de muros de contenção, é preferível criar uma “parede belíssima que respira, com vegetação nativa, um corredor verde, bem no meio da cidade”.

Kongjian Yu considera que iniciativas individuais também podem contribuir para que as cidades exerçam melhor a função de esponjas. Ele dá o exemplo de prédios e apartamentos que podem absorver a água da chuva. “É possível coletar e levar para a varanda, irrigando hortas”, detalha.

“Nós precisamos repensar a maneira com que reconstruímos nossas cidades. Buscar uma solução baseada na natureza”, finaliza.

Agência Brasil

Fonte: Blog Jair Sampaio

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUE

MARQUINHOS DA CLIMEP É O 2⁰ MAIS CITADO PARA VEREADOR EM PARNAMIRIM

Publicado

em

Em pesquisa feita com exclusividade pelo Instituto PERFIL em parceria com o blog Politicando Parnamirim, foi perguntado aos entrevistados se a eleição de Parnamirim fosse hoje, em quem ele votaria. Os dados da pesquisa espontânea para vereador apontam os seguintes nomes entre os mais citados:

INDECISOS 59,07%

BRANCO/NULO 8,50%

KAROL PIRES 2,00%

MARQUINHOS 1,67%

LEO LIMA 1,33%

CÉSAR MAIA 1,17%

EDER QUEIROZ 1,17%

IRANI 1,17%

VALDINES CARVALHO 0,83%

EDSON VIEIRA 0,83%

CIDA FELICIANO 0,67%

GUSTAVO NEGÓCIO 0,67%

RAFAELA 0,67%

AFRÂNIO BEZERRA 0,67%

JONAS 0,67%

WOLNEY FRANÇA 0,67%

EURICO 0,67%

PROF.DIEGO 0,67%

MICHAEL BORGES 0,67%

FATIVAN 0,50%

CRISON FABRICIO 0,50%

MONISI DE GUIMARAES 0,50%

JEAN CLÁUDIO 0,50%

CLÁUDIO LUNA 0,33%

CARLA EMAÚS 0,33%

WELLINGTON 0,33%

IVAN BEZERRA 0,33%

MARCOS 0,33%

DENIR 0,33%

BATISTA DO GÁS 0,33%

MAGNO 0,33%

DENINHO DA SUCATA 0,33%

KÁTIA PIRES 0,33%

DJANILSON 0,33%

RODRIGO 0,33%

JUNIOR GÁS 0,33%

MAURISON 0,33%

KARINA FIGUEIREDO 0,33%

VAVÁ 0,33%

RUBÃO 0,33%

JOÃO PERES 0,33%

DR.ZICO 0,33%

RICARDO VIEIRA 0,33%

SÔNIA DE LEONARDO 0,33%

MARCIANO COSTA 0,33%

Registrada sob o número RN-07073/2024. Pesquisa realizada nos dias 05 e 06/07/2024. Foram ouvidos 600 eleitores. A margem de erro é de 3,98% e intervalo de confiança de 95%.

Pesquisa realizada pela PERFIL PESQUISAS TÉCNICAS,  Contratante – C D DE CARVALHO PP ASSESSORIA E EVENTOS, pagos com Recursos Próprios.

Continue lendo

DESTAQUE

PESQUISA PERFIL/ BG/ ESPÍRITO SANTO/ ESTIMULADA: Fá de Rivaldinho lidera com folga com 43% contra 18% de Toinho Branco e 3% de Aldo

Publicado

em

O Instituto PERFIL e o BLOGDOBG divulgam uma nova pesquisa (registro RN-05995/2024) que mostra o cenário atual, às vésperas das Convenções para o pleito de 2024, para a sucessão da Prefeitura Municipal de Espírito Santo/RN.

 

Na disputa pela vaga no Executivo, o prefeito Fernando Teixeira parece ter garantido uma boa aceitação do seu candidato à sucessão. Na estimulada, enquanto Fá de Rivaldinho desponta beirando os 50% das intenções de votos, Toinho Branco fica na terceira colocação, perdendo inclusive para os indecisos, que somam 28,75%.

 

A pesquisa PERFIL aconteceu nos dias 3 e 4 de julho de 2024 e ouviu 400 pessoas em Espírito Santo. A margem de erro é de 4,90%. O registro no TSE: RN-05995/2024

Continue lendo

DESTAQUE

Guarda Municipal é assassinada a facadas pelo marido em Patu RN

Publicado

em

Foto: Ilustrativa

A Guarda Municipal identificada como Paloma Ferreira Gomes, que completaria 25 anos nesta segunda-feira (15), foi assassinada a facadas pelo próprio marido na noite desse domingo (14), no Sítio Tabuleiro, município de Patu/RN. O homem conseguiu fugir e a Polícia Militar apreendeu apenas a motocicleta usada para a fuga, mas as buscas pelo criminoso ainda estão em curso.

De acordo com as informações, o motivo do crime foi porque o homem não aceitou o fim do relacionamento. A Polícia Militar informou que recebeu o chamado para a ocorrência, tentou prender o o suspeito em flagrante, mas não conseguiu.

O corpo da vítima foi encontrado numa região de mato perto da BR-226, ainda com a faca encravada no tórax. Após isso, foi removido pelo ITEP para exames na sede do órgão em Pau dos Ferros.

A Prefeitura Municipal de Patu emitiu, ainda no domingo (14), uma nota de pesar em solidariedade à vítima, amigos e familiares. Nela, o prefeito Rivelino Câmara relembrou como Paloma era uma mulher feliz e sorridente.

Tribuna do Norte

Continue lendo

DESTAQUE

Adolescente de 15 anos é assassinada pelo companheiro com disparo de arma de fogo na cabeça, na Paraíba.

Publicado

em

 

Um homicídio foi registrado na tarde de ontem (14) no município de Monteiro, Cariri do estado.

Como observou o ClickPB, a vítima é uma adolescente de 15 anos, identificada como Maria Vitória dos Santos.

A informação foi confirmada pelo ClickPB junto ao 11° Batalhão de Polícia Militar (BPM).

O crime teria ocorrido após uma discussão com o companheiro identificado como Gilson Cruz, de 56 anos.

De acordo com o major Tavares, do 11° BPM, a vítima foi encontrada com um disparo de arma de fogo na cabeça.

O acusado está foragido e a Polícia segue realizando buscas.

Qualquer informação pode ser detalhada à polícia de forma anônima por meio dos telefones 197 e 190.

O caso está sendo investigado pela Polícia local.

Continue lendo

DESTAQUE

“Era para eu estar morto”, diz Trump em primeira entrevista após ataque

Publicado

em

FOTO: AP

Em uma entrevista ao jornal New York Post, Donald Trump refletiu sobre como sobreviveu à tentativa de assassinato, mostrando ao repórter um grande hematoma no antebraço direito que ele disse ter sofrido quando agentes correram para o palco como “linebackers” para protegê-lo.

Ele tinha uma “bandagem branca grande e solta cobrindo sua orelha direita” durante a entrevista e sua equipe disse que o veículo não poderia tirar nenhuma foto dele, de acordo com o Post.

“Era para eu estar morto”, firmou Trump. “Por sorte ou por Deus, muitas pessoas estão dizendo que é por Deus que eu ainda estou aqui”.

Trump abordou as fotos dele levantando o punho e dizendo “Lute!” enquanto tinha sangue no rosto.

“Muitas pessoas dizem que é a foto mais icônica que já viram”, disse Trump. “Eles estão certos e eu não morri. Normalmente você tem que morrer para ter uma foto icônica”.

Trump disse ao jornal que queria continuar falando após o tiroteio, mas o Serviço Secreto insistiu que ele fosse ao hospital.

Trump também disse que apreciou a ligação que recebeu do presidente Joe Biden, de acordo com o Post, chamando-a de “ótima” e “muito simpática”. O jornal relatou que Trump sugeriu que a campanha entre eles poderia ser mais civilizada de agora em diante.

Também na entrevista, Donald Trump afirmou estar trabalhando em um novo discurso, com o objetivo de quebrar a polarização nos Estados Unidos.

“Eu quero unir nosso país, mas não sei se isso é possível. As pessoas estão muito divididas”.

Com informações de CNN

Continue lendo

DESTAQUE

Campanha arrecada recursos para estudante de medicina no RN que luta contra câncer raro

Publicado

em

FOTO: DIVULGAÇÃO

A família de Jose Daniel Florêncio Duarte, estudante do sétimo período de Medicina da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), está realizando uma campanha solidária para arrecadar fundos para a compra do medicamento TRABECTEDINA, essencial para o tratamento de um câncer raro. De acordo com sua irmã, Fabrícia Raiane, Daniel, de 22 anos, está internado no Hospital da Liga, em Mossoró. “Esse medicamento, importado, custa R$ 63 mil e não é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por isso decidimos criar a Vaquinha Solidária”, explicou.

Daniel foi diagnosticado com câncer no final do primeiro período do curso, em 2021, durante o ensino remoto devido à pandemia de Covid-19. A família é de Mossoró e está mobilizando esforços para conseguir o valor necessário para o tratamento.

A reitora da Ufersa, professora Ludimilla Oliveira, manifestou solidariedade à situação de Daniel e destacou que a universidade irá divulgar amplamente a campanha, mobilizando toda a comunidade acadêmica. PIX PARA DOAÇÕES: (84) 99948-2188

Continue lendo

DESTAQUE

Prefeito de João Câmara compra 15.300 caixas de luvas descartáveis por R$ 526 mil

Publicado

em

 

Faltando poucos dias para as eleições municipais e a poucos meses do término de seu mandato, o Prefeito de João Câmara (RN), Manoel Bernardo dos Santos, publicou no diário oficial dos municípios o resultado de uma licitação para a saúde no valor de R$ 1.936.885,80.

Entre os itens adquiridos estão 15.300 caixas de luvas descartáveis para procedimentos cirúrgicos, um gasto de R$ 526.950,00. Este valor tem gerado muitas críticas e suspeitas, devido à quantidade de caixas, ao montante investido, à proximidade do fim do mandato do prefeito e ao período pré-eleitoral.

Continue lendo

DESTAQUE

Walter Alves participa de eventos em Pendências e Afonso Bezerra

Publicado

em

O vice-governador do Rio Grande do Norte, Walter Alves, cumpriu agenda neste sábado, dia 13 de julho, no interior do estado. Walter participou de eventos nos municípios de Pendências e Afonso Bezerra.

No fim da tarde, ele esteve em Pendências para o lançamento da pré-candidatura à prefeita de Dra. Lays Helena, e Gilberto Oliveira vice-prefeito, ambos do MDB. O evento contou com a presença do atual prefeito Flaudivan Martins (MDB), vereadores, lideranças políticas da região e a comunidade local.

“É uma honra participar deste momento tão importante para Pendências. Dra. Lays tem um compromisso firme com o desenvolvimento do município e estou certo de que, com seu trabalho, muitas conquistas virão”, afirmou Walter Alves.

Caprifeira

À noite, Walter Alves seguiu para o município de Afonso Bezerra, onde participou da segunda noite da 20ª edição da Caprifeira. O evento, que começou na sexta-feira (12) e vai até hoje (14), faz parte do calendário estadual de exposições agropecuárias e recebe apoio financeiro e logístico do Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Agricultura,

Continue lendo

DESTAQUE

Com a morte do desembargador Virgílio Macêdo, assumirá a vaga a juíza Sandra Elali

Publicado

em

Com a morte do desembargador Virgílio Macêdo, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte dará início, nos próximos dias, ao processo de substituição.

Confirmada a vacância, assumirá, por antiguidade, a juíza Sandra Elali.

Thaisa Galvão

Continue lendo

DESTAQUE

Morre aos 64 anos o desembargador Virgílio Macêdo Júnior

Publicado

em

Faleceu agora há pouco, o desembargador Virgílio Macêdo Júnior, 64 anos, que estava internado em tratamento contra uma anemia e foi surgindo outras complicações.

Antes de ingressar na magistratura foi nomeado para exercer o cargo de Delegado de Polícia em 08/06/1985, tendo tomado posse no dia 28 de junho. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Rio Grande do Norte (1983-1986).

Por indicação do Tribunal de Justiça foi designado para compor o Plenário do Tribunal Regional Eleitoral – TRE na classe de Juiz Estadual, na vaga do Dr. Osvaldo Cruz, tendo tomado posse em 5/12/96 para o biênio 1997-98.

Era Professor do Curso de Direito da UFRN.

Tomou posse como Juiz de Direito em 10 de julho de 1986. E como desembargador assumiu em 24 de março de 2010

Continue lendo

Populares