O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), teve um pedido para a renovação de porte de arma negado pela Polícia Federal. A notícia é da CNN Brasil.

O requerimento foi realizado no início do mês de julho. O processo foi submetido e analisado pela Polícia Federal do Rio de Janeiro. A reportagem apurou que, na solicitação, Carlos Bolsonaro justificou a necessidade do porte por ter um cargo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro e por ser filho do ex-presidente.

Se o porte fosse renovado, a autorização – que já havia sido concedida uma vez – seria válida por mais 5 anos. O pedido, no entanto, foi rejeitado nesta sexta-feira (21).