Connect with us

DESTAQUE

Adicional por acúmulo de processos custa R$ 427 mil por mês ao MPRN

Published

on

Com a recomendação do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) para que as unidades do órgão no país regulamentem remuneração extra a procuradores e promotores por conta do acúmulo de processos, o Ministério Público do Estado (MPRN) teve um acréscimo de R$ 427.884,00 na folha mensal para garantir esse benefício aos seus membros que atendem aos critérios da recomendação. No Ministério Público Federal a recomendação do CNMP não foi seguida, como o próprio órgão esclareceu.

O “penduricalho”, como está sendo chamada a iniciativa que aumenta a remuneração do MP, começou a ser paga a promotores e procuradores no Rio Grande do Norte desde o mês de abril. Em nota, o MPRN informou que, atualmente, são 165 promotores de Justiça e 16 procuradores de Justiça recebendo o valor de R$ 2.364,00 cada, referente ao acúmulo por acervo, atualmente previsto para promotores e procuradores de Justiça com mais de 200 processos criminais e 400 cíveis, retribuído mediante licença compensatória, com natureza indenizatória.

No mês, os valores correspondem a um custo adicional na folha de pessoal que se aproxima de meio milhão de reais no mês. Considerando o quadro atual, em um ano, o valor pode chegar a R$ 5.134.608,00. Contudo, o montante pode ser maior ou menor, dependendo do número de promotores e procuradores com acúmulo de processos em seus gabinetes.

A recomendação foi aprovada em sessão plenária do CNMP no último mês de abril e publicada em maio e é justificada como um benefício adicional relativo à sobrecarga processual e deve corresponder a um terço do subsídio do membro do Ministério Público para cada 30 dias de exercício cumulativo. Esse pagamento deve ocorrer de forma proporcional ao tempo de serviço.

Atualmente, a remuneração de um promotor de justiça no Rio Grande do Norte varia de R$ 30.404,42 na primeira entrância, até R$ 33.689,11 na terceira entrância. No caso dos procuradores, o salário do cargo é de R$ 35.462,22.

O salário base na 3ª entrância corresponde a 27 vezes o valor do salário mínimo atual. Para se ter uma da diferença com a realidade do trabalhador comum brasileiro, basta analisar a Pnad Contínua – Rendimento de todas as fontes 2019, do IBGE, referente a 2019, quando o salário mínimo estava em R$ 998,00. O levantamento apontou que 70% dos trabalhadores brasileiros ganhavam até dois salários mínimos. O cenário provavelmente deve ter mudado nos últimos dois anos, mas para pior, com o impacto da pandemia que piorou a qualidade de vida e a renda da população, visto que os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), apontam para queda na remuneração do brasileiro, apesar de uma lenta retomada dos empregos.

Já os valores pagos a promotores e procuradores não se limitam aos salários já mencionados. Em junho, quando somou-se a outras verbas remuneratórias legais ou judiciais, gratificação natalina, indenizações, férias, abono de permanência e outras remunerações retroativas/temporárias, os membros do MPRN, ativos e no exercício da função, tiveram rendimentos brutos a partir de R$ 45 mil, com pico de R$ 86 mil para um promotor de 3ª entrância, conforme consta no descritivo disponibilizado no Portal da Transparência do órgão, onde está incluída a compensação por assunção de acervo.

Advertisement

Informações e valores sobre remunerações estão disponíveis nos portais da transparência do MPF (http://www.transparencia.mpf.mp.br) e do MPRN (https://www.mprn.mp.br/categoria_de_servico/transparencia).

MPF diz que não aderiu

A Procuradoria Geral da República (PGR) informou que não está pagando a remuneração extra aos seus membros. A instituição ressaltou que a recomendação do Conselho Nacional do Ministério Público trata-se de ato normativo proposto, discutido e aprovado no âmbito do conselho, e não da PGR, apesar de ter sido assinado por Augusto Aras na condição de presidente da entidade, não sendo ele o autor da proposição.

“Trata-se de recomendação, que tem caráter meramente de orientação, não gerando obrigações. No âmbito do Ministério Público Federal (MPF) e de todo o Ministério Público da União (MPU) não existe, neste momento, nenhum estudo voltado à implementação do referido adicional”, informou a PGR.

Além disso, o MPF reforçou que o ato não inova ou avança em relação a normativo semelhante editado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e destinado a juízes, mas apenas reproduz previsão idêntica de compensação, sendo, inclusive, editada com o objetivo de manter a simetria entre as carreiras do Judiciário e do MP.

Representação contra o pagamento aguarda análise

O Ministério Público junto ao Tribunal da Contas da União (TCU) pediu neste mês a extinção do pagamento do auxílio por acúmulo de processos do Ministério Público, após a revelação de que o “penduricalho”, como está sendo chamado o benefício, poderá aumentar em até R$ 11 mil os contracheques de procuradores e promotores sob a justificativa de que estão sobrecarregados de trabalho. O pedido do MP de Contas ainda não foi apreciado pelo TCU.

Na representação, o subprocurador Lucas Furtado diz que se trata de um “mero artifício imoral para atribuir para esses servidores públicos remuneração superior ao teto salarial do funcionalismo público determinado pelo art. 37, XI, da Constituição Federal”.

Advertisement

No documento, Lucas Furtado cita a entrevista do diretor-presidente do Centro de Liderança Pública (CLP), Tadeu Barros, ao Estadão na qual classificou o penduricalho como um incentivo à “incompetência”, não à produtividade. “É como dizer: ‘Você vai ser premiado porque atrasou e está com processos acumulados’”, afirmou. Isso porque só ganha o adicional o procurador ou promotor que tiver estoque de processos.

Segundo o diretor-presidente do CLP, que já foi secretário de Planejamento do governo de Alagoas, esse tipo de instrumento do qual se vale o Judiciário brasileiro é indesejável sob três perspectivas. A primeira delas é descrita por ele como moral, considerando que o País retornou recentemente ao mapa mundial da fome e o número de desempregados já supera 10 milhões de pessoas. A segunda é fiscal: estudo do CLP mostra que o custo anual dos “penduricalhos” em todo o Judiciário giraria em torno de R$ 2,6 bilhões.

Esse valor diz respeito a mecanismos de remuneração extraordinária que acabam criando “supersalários”, isto é, contra-cheques que, na prática, superam o teto de vencimentos no funcionalismo público. Da forma como foi aprovado pelo CNMP, o benefício seria pago sem o desconto do abate-teto. Com isso, seus vencimentos ultrapassariam os R$ 39 mil pagos aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Barros ainda destacou a perspectiva social, uma vez que a soma dos “penduricalhos” chega a superar as despesas executadas do Orçamento da União até de ministérios, como o do Meio Ambiente (em 2021, as despesas da Pasta foram de R$ 2,38 bilhões, segundo o Portal da Transparência).

Juízes já recebem um pagamento semelhante

O MPRN relembrou que, em 2020, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) já havia orientado a regulamentação de gratificação idêntica aos magistrados por atuarem em mais de um órgão da Justiça e, com isso, acumularem processos.

“A verba foi regulamentada no âmbito do Judiciário, pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), e no Ministério Público, pelo CNMP, e no Rio Grande do Norte tem se utilizado o parâmetro do Judiciário para fins de isonomia, com pagamento feito com recursos originários da dotação orçamentária própria para despesa dessa natureza”, disse o órgão em nota.

De fato, no Rio Grande do Norte, a Resolução nº 50 que regulamenta a compensação por exercício cumulativo de jurisdição para magistrados de 1º e 2º graus, em face do acúmulo de distribuição processual, foi aprovada em dezembro passado no Tribunal de Justiça do estado (TJRN). Com isso, o acréscimo na folha da instituição é de R$ 105 mil mensais. “São 86 acumulações de jurisdição e o valor mensal é de R$ 105 mil. Vale lembrar que há acumulações referentes a férias, licenças e afastamentos, que não são permanentes, com valores que variam mês a mês”, informou o TJRN.

Advertisement

A remuneração extra já existe também para magistrados da Justiça Federal e do Trabalho. Em efeito dominó, o presidente do CNMP e procurador-geral da República, Augusto Aras, indicou a simetria entre o MP e o Judiciário. Segundo ele, tal princípio constitucional “enseja a necessidade de espelhamento do regime jurídico dos membros do Ministério Público em relação às determinações existentes para os membros do Judiciário, inclusive no que toca ao regime de remuneração, garantias e benefícios funcionais”.

Em nota, o CNMP disse que a recomendação não cria benefício automático para promotores e procuradores. “Trata-se de recomendação, que tem caráter de orientação”, afirmou a instituição. De acordo com o CNMP, o documento aprovado em maio “apenas recomenda que as unidades do Ministério Público regulamentem o direito à compensação pelo acúmulo de processos, quando couber”.

Tribuna do Norte

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESTAQUE

Polícia Delegado do caso Milton Ribeiro pede ao STF a prisão da cúpula da PF

Published

on

O delegado Bruno Calandrini solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão de integrantes da cúpula da Polícia Federal (PF). Calandrini é o atual responsável pelas investigações sobre a corrupção no Ministério da Educação (MEC), que levou à condenação do Ex-ministro da pasta, Milton Ribeiro, e alega ter ocorrido interferência do alto comando da PF ao longo das apurações sobre o caso. O pedido deve ser avaliado pela ministra Cármen Lúcia, encarregada do inquérito sobre a corrupção no MEC. A informação foi dada neste sábado (13) com exclusividade pelo colunista Rodrigo Rangel, do site Metrópoles.

É a primeira vez, na história recente da PF, que um delegado pede a prisão da cúpula da corporação. O caso do gabinete paralelo do Mec vem sendo investigado desde março deste ano, após denúncia do Jornal o Estado de S. Paulo. Em junho, o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi preso pela Polícia Federal após suspeitas de envolvimento no caso. Na época, Agentes da corporação cumpriram 13 mandados de busca e apreensão e cinco ordens de prisão em Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal.

Pouco depois da prisão de Milton Ribeiro, Bruno Calandrini chegou a afirmar em um grupo de policiais da PF que seus superiores estariam impondo obstáculos ao bom andamento da investigação. Na mensagem, ele escreveu não ter autonomia para conduzir o inquérito com independência e segurança institucional.

Ainda, segundo o delegado, com base em telefonemas interceptados com autorização judicial, há indícios de que o presidente Jair Bolsonaro teria alertado Milton Ribeiro do risco iminente de deflagração de uma operação. Uma vez dado o apontamento, o Ministério Público Federal pediu que o caso, que antes seguia primeira instância da Justiça Federal em Brasília, fosse remetido para o Supremo Tribunal Federal. Desde então, o inquérito está com a ministra Cármen Lúcia.

O pedido de prisão da cúpula da Polícia Federal foi apresentado recentemente. Dentro da PF, já havia certa expectativa de que Calandrini, que virou alvo de uma sindicância interna após acusar seus superiores de interferir na investigação, poderia recorrer a uma medida extrema. O temor da direção aumentou dias atrás, com a constatação de que o delegado havia pedido ao Supremo uma medida cautelar. Os autos tramitam em segredo de Justiça.

Tribuna do Norte

Advertisement
Continue Reading

DESTAQUE

Girão e Jean trocam farpas nas redes sociais

Published

on

O clima esquentou neste sábado (13) nas redes sociais entre o deputado federal General Girão (PL) e o senador Jean Paul Prates (PT). O tema das alfinetadas foi o assunto do momento: o veto do presidente Bolsonaro ao projeto da duplicação da BR-304.

Jean Paul usou as redes sociais para criticar o veto do presidente, acusando Bolsonaro de negligenciar o Rio Grande do Norte.

Porém, o deputado Girão respondeu afirmando que o petista “armou uma armadilha política orçamentária, sabia que seria vetada, e agora paga de propagador de fake news.”

O deputado respondeu a imprensa, na 98 Fm nesta sexta-feira (12), garantindo que “a obra será feita após o processo de concessão da BR-101”.

“Já o senador do PT, Jean Paul Prates vai entrar na história como maior fiasco político do Rio Grande do Norte. Um senador sem votos, sem prestígio e que não é visto nem dentro do próprio partido e ainda não tem o apoio de sua fiel companheira. Condenado a ser eternamente suplente de alguém dentro do PT.” Finalizou Girão.

Continue Reading

DESTAQUE

Dr Bernardo cumpre agenda em Lucrécia e Patu

Published

on

O Candidato a Deputada o Estadual, Dr. Bernardo, participou na manhã deste sábado (13) das atividades esportivas que foram realizadas pelas festividades alusivas aos 88 anos de inauguração do Açude de Lucrécia (RN). O ato inaugural que aconteceu há 88 anos contou com a presença do então Presidente da República Getúlio Vargas, o que foi o fato histórico para o Município.

Dr Bernardo recebe o apoio da Prefeita Ceição Duarte (na foto acima).

CENTRAL DO CIDADÃO

 

 

O Deputado Estadual também esteve com o Prefeito Rivelino Câmara tratando da implantação da Central do Cidadão em Patu (RN) que é um importante avanço para o Município e Região (na foto acima).

Advertisement
Continue Reading

DESTAQUE

Bolsonaro escolhe Juiz de Fora (MG) para dar o pontapé inicial na campanha à reeleição

Published

on

Na próxima semana, o Presidente Jair Bolsonaro (PL) voltará a Minas Gerais (MG). O chefe do executivo escolheu Juiz de Fora (MG) para dar o pontapé inicial depois do início oficial da campanha eleitoral à reeleição.

Segundo interlocutores, Bolsonaro viajará na próxima (16). É a segunda vez que o mandatário visitará a cidade neste ano. Em 15 de julho esteve no município pela primeira vez desde que sofreu uma facada durante a campanha de 2018.

O presidente deve ser recebido no aeroporto por volta das 11h e faça uma motociata até o local do evento, que ainda está sendo fechado.

“O primeiro encontro de campanha com o Capitão do Povo não tinha como ser em outro lugar! Onde ele nasceu de novo!”, afirma a peça divulgada pela equipe de campanha.

Continue Reading

DESTAQUE

Prefeito Dr. Tadeu mostra força em Caicó (RN) e reuni apoiadores para Rogério Marinho

Published

on

O Prefeito de Caicó (RN), Dr Tadeu, reuniu lideranças políticas do Município e da Região do Seridó neste sábado (13) que apoiam a Candidatura de Rogério Marinho ao Senado.

Rogério mostrou-se satisfeito com a força do Dr Tadeu cuja gestão chega perto de 80% de aprovação.

Várias lideranças e Prefeitos da Região estiveram presentes ao ato. Confira o vídeo um trecho da fala de Dr. Tadeu.

Continue Reading

DESTAQUE

Potiguar Mateus Sena conquista medalha de ouro no Pan-Americano de Surfe

Published

on

O Potiguar Mateus Sena conquistou a medalha ouro nas finais da 15º edição dos Jogos Pan-americano de Surf que ocorreram neste sábado (13). O surfista estava na disputa desde o dia 7 de agosto, quando começaram as competições do evento no Panamá. Nas oitavas de final, que aconteceram na sexta (12), ele somou 11.26 e avançou em segundo, ao lado do peruano Miguel Tudela que alcançou 15 pontos.

A caminhada do surfista pelo ouro não foi fácil. Durante as quartas de finais, por exemplo, ele destacou as dificuldades enfrentadas na bateria. “Essa bateria era muito difícil, com dois atletas do Challenge Series, um que foi WCT esse ano, atletas que eu tenho muita admiração, então é sempre bom fazer essas baterias porque eles me colocam realmente no meu melhor nível”, disse Mateus Sena.

Outro ponto que chamou a atenção do público na performance do potiguar, durante o Pan-americano, foram os aéreos presentes em todas as baterias. Segundo ele, a manobra é uma das suas preferidas e possui ligação com sua praia de origem: Ponta Negra, localizada na capital do Rio Grande do Norte. “Tem muito a ver com as minhas raízes, com o Rio Grande do Norte (RN), a praia de Ponta Negra, a onda que eu estou acostumado a surfar. Nós tivemos cinco potiguares na elite do surfe mundial e todos tiveram como característica o aéreo e comigo não seria diferente”.

TN

Continue Reading

DESTAQUE

Jorge do Rosário e Fátima Bezerra conversam sobre geração de emprego durante a Festa do Bode

Published

on

O pré-candidato a deputado estadual Jorge do Rosário (Avante) visitou a Festa do Bode. O evento é considerado a maior feira de caprinocultura e a segunda maior de exposições agropecuárias do estado.

Jorge do Rosário caminhou pela festa, cumprimentou apoiadores e viu de perto a movimentação da economia gerada pelo setor agropecuário de Mossoró e de toda a região do Oeste Potiguar.

“Aqui temos dois motores de geração de emprego, a caprinocultura e o evento em si. É uma mostra da força desse setor no nosso estado. Temos aqui uma cadeia de geração de emprego que podemos levar para todo o estado”, disse Jorge.

Momento marcante da festa foi o encontro de Jorge do Rosário com a governadora Fátima Bezerra. Jorge, cujo partido já declarou apoio à reeleição de Fátima, conversou brevemente com a chefe do executivo, principalmente sobre o desenvolvimento do interior do estado e a geração de renda.

“Foi uma conversa salutar. A governadora está aberta ao debate e disposta a colaborar com o nosso Plano de Desenvolvimento”, revelou.

Continue Reading

DESTAQUE

Advogado de Trump disse que material sigiloso havia sido devolvido

Published

on

Um advogado do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou um comunicado em junho dizendo que todo o material sigiloso guardado em caixas na residência de Trump em Mar-a-Lago, na Flórida, havia sido devolvido ao governo, informou o New York Times neste sábado.

A declaração foi assinada depois que Jay Bratt, autoridade de segurança nacional de alto escalão do Departamento de Justiça dos EUA, visitou o clube de praia de Trump no sul da Flórida em 3 de junho, informou o New York Times. Bratt se encontrou com dois advogados de Trump para discutir o tratamento de informações confidenciais durante a visita, disse o jornal.

Trump está sob investigação federal por possíveis violações da Lei de Espionagem, que torna ilegal espionar para outro país ou usar informações de defesa dos EUA de forma inadequada, incluindo compartilhá-las com pessoas não autorizadas, mostrou um mandado de busca, que veio a público na sexta-feira (13).

Agentes do FBI revistaram Mar-a-Lago nesta semana e removeram 11 conjuntos de documentos classificados como confidenciais, incluindo alguns marcados como ultrassecretos, de acordo com o Departamento de Justiça.

A existência da declaração do advogado de Trump sugere que Trump e sua equipe podem não ter divulgado totalmente as informações sobre documentos confidenciais na residência do ex-presidente, informou o Times.

A Reuters não conseguiu confirmar a reportagem de forma independente. O Departamento de Justiça dos EUA não respondeu imediatamente a pedidos de comentários.

Advertisement
Continue Reading

DESTAQUE

Polícia recupera diamantes e relógios roubados de Carlinhos Maia

Published

on

O influenciador Carlinhos Maia teve seus relógios e diamantes recuperados pela Polícia de Alagoas neste sábado (13/8). O apartamento do influenciador foi invadido por bandidos no final do mês de maio e desde então o caso seguia em investigação. Em áudio enviado a este colunista, Carlinhos vibrou por ter recuperado seus bens.

“Tô muito feliz, já tinha largado de mão inclusive. A polícia de Alagoas foi impecável, não pararam um minuto”, relatou. Na época, mais de R$ 5 milhões em bens foram roubados de sua casa. Com os diamantes e relógios, grande parte desses valores foram recuperados.

Carlinhos também revelou que a polícia irá fazer uma coletiva de imprensa para fornecer detalhes sobre a recuperação dos bens do influenciador na noite deste sábado.. “À noite eles vêm aqui ou vamos na delegacia para entendermos tudo o que aconteceu. De noite eles vão fazer uma coletiva para explicar tudo o que aconteceu.”, explicou

No final de maio, o apartamento de Carlinhos Maia em Maceió, Alagoas, foi invadido por bandidos. O equivalente a cerca de R$ 5 milhões foram levados, entre joias, relógios, dinheiro em espécie e até mesmo um cofre.

O condomínio fica localizado em frente à praia de Lagoa da Anta. Trata-se de um prédio de luxo anexo ao mais famoso hotel da cidade, o Ritz Lagoa da Anta.

Metrópoles

Advertisement
Continue Reading

DESTAQUE

PT muda postura e adota cautela sobre crescimento de Bolsonaro em pesquisas

Published

on

O PT adotou nesta sexta-feira (12) cautela em relação às recentes pesquisas eleitorais que apontaram crescimento do presidente Jair Bolsonaro (PL) em pesquisas nos dois maiores colégios eleitorais do país, São Paulo e Minas Gerais.

No geral, a diminuição da distância entre ambos causou apreensão entre os petistas, mas não a ponto de alterar a estratégia em curso da campanha de focar o discurso nas críticas a indicadores econômicos que afetam a vida real da população, como inflação e emprego. A avaliação é de que é preciso aguardar as pesquisas nacionais que serão lançadas na próxima semana, em especial a do Ipec (ex-Ibope).

“Estamos trabalhando com pesquisas feitas pela coordenação da campanha e consolidado de pesquisas presenciais. Na pesquisa desta semana e consolidado das últimas pesquisas, Lula e Alckmin em posição de dianteira com cerca de 42% a 46%, a melhor posição para período da pré-campanha da história de todas as pesquisas. Há uma ligeira subida de Bolsonaro, chegando a cerca de 32% na melhor posição, próximo do teto, considerando os que dizem não votar nele, cerca de 35%. Há também queda de indecisos e de outras candidaturas”, disse à CNN um dos coordenadores políticos da campanha, Wellington Dias.

A conclusão dele é de que “Lula não caiu e tem espaço para crescer”. “A campanha começa dia 16. Vamos abrir a na melhor posição de todas as eleições. Posição firme para primeiro turno e grande perspectiva de vitória no primeiro turno”, completou.

A leitura de que a campanha sequer começou também é compartilhada pelo deputado Alexandre Padilha. “Até agora só o governo federal tem a iniciativa quase sozinho. Dia 16 começa a campanha e passamos a falar todo dia. Passaremos a falar e ser cobertos de maneira igual diariamente com as campanhas de proporcionais e governos estaduais saindo as redes e as ruas “, disse à CNN. Ele coloca, porém, a necessidade de se aproximar do voto feminino evangélico.

Sob reserva, um interlocutor de Lula disse à CNN que em campanhas é preciso estar preocupado o tempo todo e que é evidente que nas últimas semanas as pesquisas indicam redução da rejeição a Bolsonaro mas que apesar de o presidente ter subido Lula não caiu. Ele, porém, disse que os dados até agora apontam que a eleição será mais apertada do que parecia e que apenas após o Sete de Setembro é que o quadro deverá estar mais delineado, inclusive com o impacto das campanhas das duas candidatas femininas, Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (União Brasil). Há uma leitura de que pelo tempo de televisão de que ambas dispõem, elas poderão crescer nas pesquisas.

Para esta fonte, Bolsonaro cresceu por dois motivos. Um, econômico: a baixa do preço do combustível e início do pagamento de benefícios sociais. Outro, ideológico: a intensificação da campanha por parte dos bolsonaristas no discurso sobre costumes. Por exemplo, a narrativa de que o MST invadirá propriedades rurais e um discurso religioso.

Advertisement

Mais de um petista relatou que ainda não foi possível agregar os votos de Andre Janones, que pontuava nas pesquisas com cerca de 2% de intenções de voto e que desistiu da candidatura presidencial para apoiar Lula.

Nesta sexta-feira, Janones inclusive criticou a campanha. Disse em suas redes sociais que “Ou a esquerda senta no chão da fábrica pra conversar com os operários ou já era. Detalhe: o chão da fábrica atualmente, são as redes sociais, em especial o Face”. Também falou que “ou a gente sai das Fiesps da vida, da USP e do Twitter e tomemos os grupos de Whats, as comunidades, as feiras populares e o interior do país, ou já era. Chega de esperar que o povo venha até nós, é hora de irmos ao povo!”.

Falou ainda que “enquanto a esquerda não trocar “renda mínima” por “dinheiro pro povo”, “carta em defesa da democracia” ao invés de “carta em defesa do povo”, e “nossas diretriz de programa” por “nossas propostas para os brasileiros”, o bolsonarismo continuará nadando de braçadas.”

CNN Brasil

Continue Reading

Trending