A aventura de Lionel Messi na França deve terminar mesmo em junho desse ano, quando acaba o seu contrato no PSG.

Mesmo com o alto comando do clube no Catar exigindo do presidente Al-Khelaifi e do português Luis Campos, diretor esportivo, a manutenção do craque “a todo custo” , o argentino já teria desistido de seguir no clube francês.

O motivo principal, de acordo com o jornal L’ equipe, é que ele está convencido de que ficar no clube não seja o melhor para a sua carreira.

Diante disso, a publicação francesa aponta que as partes estão muito longe de um acordo para a renovação, algo que era dado como certo até antes da Copa do Mundo.

Para piorar, o ambiente também já não é saudável, com La Pulga sendo vaiado pelos próprios torcedores no domingo, durante o jogo com o Rennes que os parisienses perderam por 2 a 0.

Ao final da partida, aliás, o argentino deixou o campo sozinho e não foi agradecer, ao lado do restante do elenco, a presença dos torcedores.

Messi tem propostas dos Estados Unidos e da Arábia Saudita, porém, o seu futuro segue uma incógnita.

Fonte: IG